Casamento x Cotidiano

A vontade de deixar tudo pronto é grande; a agenda está sempre cheia de anotações; carregar o caderninho com a lista de compromissos é lei, mas tem semana que fica impossível avançar na organização do casamento!

Essa tal de rotina, esse inevitável cotidiano, aquela obrigação do dia-a-dia… ai como tudo isso atrapalha os preparativos do casal…

Bom seria tirar férias de tudo e se dedicar exclusivamente às alegrias e desventuras de realizar um evento tão esperado e tão desejado.

Não que estejamos fora do nosso cronograma pessoal – ainda estamos com tudo dentro dos prazos -, contudo aquela semana cheia de outras coisas sempre aparece no meio do mês para dificultar. Claro que pode-se dizer que é só uma semana, porém cada semana faz falta quando só temos mais 13 semanas para o grande dia. 

Mesmo faltando música, pegar e enviar os convites, concretizar as lembrancinhas e mais um monte de detalhes, ainda não é muito para se preocupar. Só que, precavidos como somos, tudo que queremos é não “deixar a peteca cair” ou os preparativos “desandarem”.

E, se ainda está faltando preencher seu endereço para o envio dos convites, agora é a hora! Clica aqui para não ter problemas em receber seu convite. 

É… dia 16 de dezembro está quase aí!

Image

Anúncios

Dedicamos este post aos convidados…

“Sonho que se sonha só

É só um sonho que se sonha só

Mas sonho que se sonha junto é realidade”

(Prelúdio – Raul Seixas)

E, verdade seja dita, um casamento é a maior prova disso! E nem estamos falando aqui só dos noivos…

É claro que o casal, junto, torna o sonho do “felizes para sempre” possível ao escolher dizer “sim” um ao outro, mas o casamento dessas duas pessoas que se conheceram, se apaixonaram e estão escolhendo se tornar companheiros para uma vida é um sonho partilhado.

Esse sonho, para se tornar realidade, passa pela união de duas famílias… A realidade desse sonho vem do apoio dos amigos… O sonho do casamento deixa de ser sonho ao ser anunciado a todos os convidados que farão parte dessa celebração e testemunharão uma nova vida à dois.

Esse fim de semana percebemos que o casamento é entre duas pessoas, mas para fazer dessa troca de votos uma celebração é preciso – e muito – das pessoas queridas que amamos e escolhemos para estarem presentes nesse dia!

E isso porque também nem estamos falando dos pais… esses seres iluminados que são os primeiros a embarcar na aventura de realizar um casamento…

Estamos falando do irmão que oferece a própria mão-de-obra para ajudar os noivos a arrumar a casa para o casal…

Falamos aqui daquela madrinha de infância sempre presente que aparece com um presente de casamento super especial e inesperado, cheio de significado e com muito carinho…

Estamos falando da tia mais que maravilhosa que topou de cara vir de longe porque a filha foi convidada pelo casal para ser daminha de honra (ok, aia)…

Estamos falando do primo próximo que está do lado para ouvir angústias e dar apoio nos momentos em que não se sabe ao certo sobre o fornecedor de bebidas…

Lembramos aqui dos padrinhos e madrinhas que aceitaram testemunhar frente ao juiz, à igreja e à família sua aposta no amor do casal e na validade dessa decisão de outras duas pessoas…

Lembramos aqui das damas de honra que topam felizes ter sua vestimenta de festa definida (mesmo que parcialmente) por outra pessoa e embarcam no esforço de encontrar algo para o casamento de outrem…

Falamos aqui de todas as pessoas maravilhosas que se preocupam e se envolvem, reservando hotel, pedindo dispensa no trabalho, gastando com avião etc. para participar dessa união de um casal que eles apostam que vai dar certo…

Falamos aqui de todos os que nos ajudam diretamente na organização do casamento, dos que perguntam sobre o andamento dos preparativos, oferecem dicas, mandam e-mail com fotos, passam contatos de fornecedores, dizem o que os noivos não podem esquecer… e sempre com a frase “lembrei de vocês”…

Falamos aqui também de todas as pessoas queridas que não foram chamadas para nenhuma posição de destaque, mas que entendem que isso não minimiza nem um pouco o carinho dos noivos por elas e que, infelizmente, não conseguimos ter 350 padrinhos e madrinhas…

Falamos aqui também de todos os amigos compreensivos que não serão convidados porque casamento, na humilde opinião destes noivos, é antes de tudo uma reunião familiar muito especial e que, simplesmente, não comporta uma multidão…

Enfim, falamos aqui de cada uma das pessoas que fazem parte da vida do casal e que apoiam e ajudam e de forma alguma são esquecidos em nenhum momento durante os Preparativos do Casal!

Image

Fonte da Imagem: CasandoSemGrana 

A mulher ideal (irreal)

Nestes últimos dias tenho pensado sobre algo em particular… Organizando o casamento, trabalhando, estudando, pesquisando, malhando, cuidando da alimentação, preocupando-me com a saúde, sendo síndica, gerindo o apartamento (supermercado, contas e mais), dirigir e resolver problemas de última hora, etc. concluí algo:

As mulheres tentam ser perfeitas e dar conta de fazer tudo!

Parece-me que não sabemos como dizer “não” e deixar algo dar errado.

Não acho que seja por acaso ou natural, mas que somos criadas de geração em geração para sermos uma “boa mulher”, ou mais que isso, uma “mulher ideal”.

Mas, ser uma “boa mulher” tem exigido (e acumulado!) cada vez mais características positivas!

Se antigamente “ser prendada” era saber cuidar da casa, cozinhar e bordar (e olha que já não devia ser muito fácil, ainda mais por não poder sair de casa desacompanhada), fazer o enxoval e silenciar os conflitos internos, hoje isso não é mais suficiente…

No penúltimo século, ser uma perfeita dona de casa não bastava mais, ser uma mãe perfeita e amorosa passou a ser obrigatório!

Não suficiente, graças a uma vitória do movimento feminista (e ninguém aqui é louca de dizer que não é uma conquista), conseguimos o direito de sair de casa e trabalhar, ganhar nosso próprio dinheiro, ser dona do próprio nariz.

Consequência indesejada: sair para trabalhar fora de casa não diminuiu as outras obrigações e nos deixou vivendo 3 turnos nos nossos dias.

Mas uma mulher responsável por si, auto-suficiente e que saiu do espaço privado e agora está no mercado de trabalho precisa ter uma aparência adequada a essa situação, ser impecável, linda, arrumada, preocupada com a forma, afinal, a aparência é avaliada (claro que para todos os gêneros) como parte do profissional…

Trabalhar é bom, mas crescer na carreira implica em estudar, e estudar muito!!! Assim, com o passar dos anos, as mulheres passaram a ser maioria nas escolas e faculdades; suas notas maravilhosas nem sempre são financeiramente recompensadas, contudo investir nos estudos e na carreira são requisitos para qualquer uma se sentir realizada!

E, obviamente, todas procuram a tampa da sua panela! A pessoa perfeita e maravilhosa que vai estar ao seu lado, conviver com ela, sonhar junto com ela, amá-la sempre e crescerem juntos! Porém, desde o tempo das mulheres de Jane Austen e das princesas da Disney, todas sabem que o príncipe encantado não existe, nem a princesa! Uma relação não ganha o seu “felizes para sempre” por uma “fada madrinha”, e sim por muita compreensão, carinho, atenção, ajuda, algumas briguinhas e, claro, muito amor recíproco. Ou seja, ser uma companheira ideal também dá muito trabalho! =D

Ser perfeita em cada uma dessas “atividades” demandaria muito tempo e nenhuma noite de sono (se bem que boas noites de sono garantem uma pele bonita! o.O) Ou seja, a “boa mulher”, essa “mulher ideal” na verdade é uma “mulher irreal”! Claro que não saberia abrir mão de nenhuma dessas “obrigações”, no entanto tentar ser perfeita em todas essas áreas da vida humana é … inumano!

Então, fico aqui tentando não me dividir em várias mulheres, mas integrar todas essas características em mim, só que o difícil mesmo é descobrir quais delas são as mais importantes para nos fazer feliz!

No momento, o que posso dizer é que tudo vai muito bem, mas claramente nos próximos 4 meses será meu relacionamento que terá centralidade para tentar construir o “casamento de conto de fadas” dos noivos e, a partir daí, o nosso “felizes para sempre”.

Image

O que já foi feito? Listas e mais listas…

Organizar um evento preenche todos os pensamentos de uma pessoa. Fazer uma lista mental de todos os compromissos não é suficiente para não esquecer de nada, é preciso colocar no papel notebook também…

Tem vezes que a quantidade de atividades programadas em uma semana superam as horas existentes no período, mas quando o casal está quase cansando, depois de 8 meses (já faz tudo isso!!!) de preparativos, a alegria de ter mais coisas prontas do que faltando deixa qualquer um feliz e mais empolgado para continuar.

Tente imaginar tudo que envolve um evento social, um jantarzinho para os amigos, um almoço com a família, um café com o tio que vem visitar… Agora aumenta o número de convidados para 350 e você poderá ter uma noção do que os noivos têm tido de tarefas e, para nossa sorte, os pais também! Infelizmente sabemos que nem todos poderão participar desse momento tão importante para nós, por esse motivo a organização é só para 250 pessoas, mas claro que essa reunião familiar está bem maior do que um jantar de fim de ano…!

Preparar esse evento tem nos tomado bastante tempo e nossas semanas têm estado bastante ocupadas (especialmente por não existir “afastamento” para organizar casamento), mas não há nada melhor do que listar as coisas que faltam e o que já foi feito!

Nessa lista de serviços – ou fornecedores, segundo o vocabulário “casamenteis” -, o que já está acertado tem bem mais itens:

  • Data para o casamento religioso
  • Data para o casamento civil
  • Igreja
  • Local para a recepção
  • Buffet
  • Decoração
  • Convites (que ficarão prontos em 45 dias!)
  • Vestido da noiva (que ainda não está pronto, para a ansiedade da noiva)
  • Terno do noivo
  • Alianças
  • Docinhos
  • Topo de bolo (os famosos “noivinhos”)
  • Músicos para a celebração
  • Lembrancinhas (rezando para que fiquem prontas com antecedência)
  • Madrinhas, padrinhos, damas de honra e aia (a daminha) convidados e confirmados
  • Site do casamento
  • Lista de presentes
  • Hotel para os convidados
  • Salão para os convidados (ok, para as convidadas)
  • Local para o “dia da noiva”

Mas ainda temos que fazer algumas “coisitas”:

  • Bolo
  • Bebidas
  • Músicos para a recepção
  • Fotografia
  • Sapato da noiva (o noivo já tem!)
  • Enviar os convites (assim que ficarem prontos)
  • Curso de noivos
  • Renovar infinitos documentos
  • Lua-de-mel e malas para a viagem
  • E confirmar com os fornecedores de todos os itens acima!

Parece que tudo vai muito bem, considerando que temos quatro meses para o casamento! Contudo, isso não aconteceu por acaso… Desde o início, decidimos organizar esse grande evento para os convidados concretizando os desejos e sonhos dos noivos sem a ajuda de uma cerimonialista.

E sinceramente não há segredo nenhum nisso, só muito trabalho! Por esse motivo, nosso objetivo é deixar tudo pronto para 1 mês antes do casamento. Algumas noivas diriam que isso é impossível, porém até agora parece muito plausível…

Esse cuidado é muito importante: organizar um casamento alegra, emociona, mas também estressa.

Se envolver com os preparativos dessa festividade tão esperada por todos faz com que os noivos se desgastem. A verdade é que não queremos estar por aí desesperados no último mês de organização preocupados porque não vai dar tempo de fazer tudo.

Esse tempo livre é importante para aproveitar a companhia dessa pessoa linda e maravilhosa com quem se está escolhendo construir o “felizes para sempre”! Nem noivas surtando nem noivos esgotados de tanto se preocuparem transpassam a felicidade dessa linda data e dessa escolha tão especial do casal…

Por esse motivo, pedimos que todos torçam para que nossos preparativos continuem caminhando tão bem quanto até agora para que possamos comemorar nossa união sem muitas olheiras!

Image

Os noivos em miniatura…

O topo de bolo chegou!!!

Topo de bolo, no vocabulário “casamenteis”, são os noivinhos que ficam em cima do bolo de casamento.

Incrível a alegria de receber aquele pequeno objeto decorativo; quanto simbolismo ele carregar…

A sensação é de que ter aquele pequeno casal nas mãos materializa tudo que o casamento representa: união do casal, carinho, afeto, cuidado, preocupação, dedicação, amizade, paz, cumplicidade ou, simplesmente, amor!

A verdade é que, de todos os serviços de casamento já fechados, os lindos “noivinhos de bolo” são a primeira coisa palpável que fica nas mãos dos noivos. Nada está pronto, mesmo que reservado, agendado e pago… Somente esses “pequenos bonequinhos” representam tudo o que o casamento pode vir a ser.

Difícil agora vai ser não pensar no casamento todos os dias com esse bibelô em casa!

ImageMas claro que não é esse, porque não vamos estragar a surpresa!!! Esses são lindas obras de arte importadas da Lladró (Fonte: Lladró)

Faltam 144 dias e muita coisa, ou nem tanto…

Depois de uma viagem, correria na 25 de março e uma mala um pouquinho maior, os noivos estão de volta a Florianópolis…

Quando a contagem regressiva entra em 4 meses e alguns dias, tudo parece estar atrasado. É quando os prazos parecem estar estourando e bate aquela preocupação. Porém, ao dar uma olhada nos calendários de casamento espalhados por todos os sites na internet, percebe-se que estamos no prazo!

Mas o nosso susto pode ser explicado pela quantidade de coisas que estão sendo vistas e fechadas ao mesmo tempo… E mesmo nessa fase, ainda estou feliz de não ter contratado uma cerimonialista. É verdade que dá trabalho, que ocupa muito (e às vezes todo) o seu tempo livre e que tem que listar, organizar, contar, ver e rever, decidir, escolher isso e aquilo, mas alegra muito ver que o casamento está tomando forma e ao gosto do casal.

E o que está quase indo para a confecção é o convite!

Por isso, temos mais um mês para ter o endereço de todos os nossos convidados! Família querida dos noivos, ajudem-nos a não atrasar nenhum convite! Se ainda não preencheu, mais uma vez vai o link clicando aqui.

Já estamos muito ansiosos para encontrar com todos em dezembro!

Image

Finalmente uma doçura!

E a época de provas começou finalmente… e para alegria do noivo, já está acabando!

Tentar encaixar as degustações entre todas as obrigações ocupa quase todo o tempo livre da semana. Anotações, provas – de bolos e doces – e muita correria depois, encaminhamo-nos para um escolhido…

Para qualquer desavisado, fazer degustação de doces é só ligar, marcar, comer e pagar os 50% para garantir a data… Amargo Doce engano! Além da dificuldade inicial de encontrar horários não conflitantes, a diversidade de custos nesse setor de fornecedores de casamento é quase infinita, mas muitas vezes a diferença de sabor não compreende a mudança de sabor. A verdade é que tem muita coisa gostosa entre os não tão caros e que tem muito doce que é mais marca que sabor… como em tudo nessa vida! Destaque para o “não muito caros” porque aquele docinho da vó que custava umas moedinhas não existe no mercado de casamento.

E o segredo, por incrível que pareça, é visitar vários workshops de noivas! No dia-a-dia não temos contato com esse tipo de serviço ou temos “alguém que um dia ouviu falar”, porém é só depois do pedido de casamento que o nome da moça “que fez o docinho da festa da empresa” conta mais que o sabor dessa delícia achocolatada. Mas, muitas vezes, nesse curto período de tempo ninguém faz uma festa para os noivos falarem com a doceira. Conclusão: cortar o intermediário, pegar os contatos nos workshops e provar!

Paladar a parte, o noivo que não é muito fã de doce não aguenta mais ver chocolate pela frente e até a noiva “chocólatra” já está enjoando das gostosuras…

Ainda bem que estamos praticamente fechando com esses fornecedores e passando para a próxima fase… a música!

Deixamos a todos fotos de uns docinhos não escolhidos (não queremos estragar a surpresa) para dar água na boca nos convidados…

Image

O aprendizado e os docinhos dos Preparativos…

Quando se começa a organizar um casamento, os noivos entram para um universo diferente…

Além de diversos fornecedores que oferecem serviço que nunca imaginamos que existisse, se descobre que há um dialeto próprio que os “recém-noivos” não estão familiarizados!

Assim, parte dos preparativos do casal é descobrir o que significa cada uma dessas palavras novas e quais passarão a fazer parte do seu vocabulário ou não. Para poder escolher serviços dessa indústria, todos os envolvidos (noivos, pais, padrinhos etc) precisam estar na mesma sintonia e saber bem qual é a proposta do casamento… O que quer que se sonhe, tem alguém para te oferecer; quanto mais ambicioso for seu desejo, mais caro ele custará! E muitos deles brilham aos olhos, mas se todos puderem parar alguns minutos para pensar, verão que não faz parte – de verdade – do anseio dos noivos. Combater o consumismo quando se organiza um casamento é mais importante do que quando se dá um passeio no shopping! 

Mas o bom é que se aprende muita coisa nova… O mundo do design e palavras dessa realidade passaram a ser conhecidas, alguns conceitos de moda foram incorporados, os nomes de certos objetos de decoração já não são um enigma, até sutilezas da confecção de bolos aprendemos! Fato é que sempre se pode aprender algo quando se dispõe a isso.

Seguindo as indicações de noivas mais experientes (das amigas e dos blogs), estamos na fase de decidir os docinhos, o bolo e os convites… Todos dizem “que delícia” ou “essa é a melhor parte”, mas a verdade é que até agora não provamos nada açucarado, só trocamos vários e-mails e fizemos muitos orçamentos. Aparentemente, sair do tradicional brigadeiro pode dar mais dor de cabeça aos noivos do que prazer ao paladar… Mas entre três camadas de recheio e opções de coberturas, até o fim do mês temos que comer algum docinho!

Quanto aos convites, é segredo! Até receberem, fica o suspense e a preocupação de preencher o formulário dos convidados (clique aqui se não preencheu)! Muitos já preencheram, o que nos alegrou bastante… Esperamos que até dois meses antes do casamento tenhamos essa lista completa para não esquecermos o convite de ninguém! =D

E ainda tem muitos detalhes sendo encaminhados em paralelo, mas a verdade é que com a ajuda de pessoas queridas e caridosas estaremos com tudo pronto com um mês de antecedência, ou pelo menos é o que esperamos!

Torçam para que possamos comer provar alguns docinhos! 

Image

Fonte imagem: http://a6.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/536148_288300064599666_912014768_n.jpg

Menos de 6 meses…

A programação está indo bem e todos os fornecedores estão sendo fechados no prazo até que os noivos percebem que faltam menos de seis meses!!! Os dias passam tão rápido… E, verdade seja dita, toda aquela euforia do início diminui e o cansaço de organizar o casamento por 180 dias finalmente aparece.

Parece que o estresse do dia-a-dia também acomete os noivos, ou pelo menos as noivas! =D

Mas o bom é que quando se percebe que falta tão pouco e ainda há tanto para fazer, surge um novo fôlego, volta a correria e os dias de descanso ficam para trás!

E nada mais estimulante do que fazer a primeira prova do vestido de noiva!!! Isso é algo que noivo algum poderá saber, já que estão vetados de participar dessa parte da organização do casamento. Acompanhar a confecção do vestido de noiva é algo restrito a mães, madrinhas e damas de honra! Poucas coisas devem ser tão sexistas quanto isso, mas é uma delícia!!!

Sendo assim, voltamos à organização do casamento, mais atarefados do que nunca!

E enquanto nós escolhemos o bolo, lembramos aos nossos convidados que precisamos que preencham o formulário para o recebimento dos convites clicando aqui neste link!

Os preparativos não podem mais parar porque só faltam 172 dias…  

Image

Os Convidados nos Preparativos do Casal

A adesão dos familiares e amigos à preparação do nosso casamento tem sido motivo de muita alegria para nós! Cada pessoa que pergunta, que dá uma ideia, que indica um fornecedor ou um site nos ajuda e nos empolga para continuar na organização desse nosso grande evento. Saber que as pessoas tem acompanhado todas as nossas atualizações sobre o casamento e que adoram saber dos detalhes nos mostra que estamos no caminho certo.

Sabemos que todos tem muitos compromissos, mas é uma satisfação muito grande para os noivos saber que os convidados – essas pessoas especiais que serão testemunhas da união do casal – estão tão felizes com o casamento como os noivos!

E é contando com essa participação que fizemos um formulário para que os convidados preencham e ajudem os noivos! A função mais importante que terão é preencher esse formulário! Ele é simples e demora 2 minutinhos, mas garante que recebam o convite, que tenhamos como contatar todos, que possamos confirmar a presença mais próximo da data e, ainda, que montemos uma lista dos convidados completa!

O formulário foi feito com muito carinho pelos noivos, assim como tudo o mais na organização do casamento. Contamos com todos para que preencham os dados dos nossos familiares!

É só clicar aqui que serão enviados diretamente para o formulário!

Ou é só preencher aí abaixo…

Contando com a ajuda de todos, poderemos nos preocupar agora com a escolha do bolo e dos docinhos!

Image